Pesquisar este blog

quarta-feira, abril 02, 2008

TRILHA DE CAFARNAUM
Quando a gente entra na trilha de Cafarnaum, depois de uma subida pelo asfalto, sente-se um alívio, pois uma breve descida nos introduz no caminho de terra. Depois é o de sempre, porém nunca igual ou repetido, subidas margeando morros e deixando ver os vales que se desdobram lá em baixo e rios – a bem da verdade, córregos. Como este atravessado pelo jovem Maurício, vulgo mosquito (não é o da dengue, veja que ele não tem listras ou tem?). Esta foto é de João, não o Batista, mas o Bosco.

2 comentários:

JoJosho disse...

See please here

Salar disse...

See Please Here