Pesquisar este blog

quarta-feira, novembro 17, 2010

Consigo um tempo para caminhar pelas veredas úmidas de chuva. Rolinho, cão da pousada me acompanha e me mostra o trilho na floresta. Parece que estamos num bosque da Áustria ou na Floresta Negra, na Alemanha. Que mudança desde que isto aqui era uma montanha careca feita de calcário e rochas contendo uma mistura louca de muitos minerais. Não havia grama, nem araucárias, nem água cristalina rolava pelas pedras. Não havia homens para presenciar a era do caos, ou como diz na Bíblia: quando a Terra era sem forma e vazia. Mas milhões de seres presenciaram o tempo em que forças titânicas contorciam o planeta e por vários meios eles fizeram os humanos adivinhar aqueles terríveis momentos. Os gregos contaram tudo na sua Mitologia e chamaram-nos de mundo dos Titãs. Mas agora só existe a paz nestas montanhas.

Um comentário:

Fabiano66 disse...

Pra variar, sua narrativa está fenomenal. Um texto que se lê com o mesmo prazer de se degustar um bom vinho. Com muitos detalhes que dão para se imaginar na situação, viajar mentalmente com vocês.Sem falar na aula de geologia que foi dada.Aguardo ansioso as próximas linhas!